Fazer terapia: Quais os beneficios?

Muitas pessoas tem vergonha de procurar terapia. Mas, depois que veem os benefícios se arrependem de não ter começado antes. Por que existe tanto preconceito em fazer terapia?

O estigma de “loucura”, “doença mental”, certamente contribui para os preconceitos. A humanidade sempre teve dificuldade em lidar com emoções e sentimentos. E culturas rígidas, família patriarcal, sociedade regulamentada por dogmas religiosos certamente influenciam no adoecimento mental, emocional e espiritual.

Criou-se um estigma, medo e preconceito em relação a saúde emocional e mental. Ao longo dos anos sempre ouvi dos meus pacientes: “eu digo que faço terapia e as pessoas me olham estranho”, “eu recomendo terapia para todos mas ninguém entende”, “meu pai me pergunta ate quando vou fazer terapia, ele acha que já estou bom”.

Por que o “olhar estranho” e as vezes “sabotagens/ataques” ao trabalho do profissional? Justamente pelos benefícios da terapia.

Procurar terapia, muito mais que um diagnostico em saúde mental, significa querer romper com um estado de sofrimento. Significa buscar uma ajuda neutra, uma tentativa de vinculo saudável com um profissional que se preparou para isso. Para iniciar uma jornada de fala, reconhecimento de dores ou traumas e interação com seu terapeuta.

Esse processo terapêutico, vai aos poucos devolvendo a dignidade humana. Poder respirar a liberdade, ter direito as catarses, apropriar-se da própria vida.

Reconhecer a necessidade terapeutica: abraçar as dores

Outro ponto importante é reconhecer que o problema/trauma/conflito ocorre ou ocorreu. E isso tem consequências na vida presente. A sociedade vive muito de aparências, onde os problemas são reprimidos ou julga-se a vitima como culpada.

Isso faz com que milhares de pessoas traumatizadas não falem sobre e não busquem ajuda. Principalmente abuso sexual. é comprovado que o trauma é tão grande que a pessoa pode esquecer por anos ou não dar-se conta do abuso, através de uma codependencia com o abusador.

Terapia é ter um espaço para cuidar das emoções. Utiliza métodos de investigação que tornam possível descobrir aspectos da personalidade que passam despercebidos em uma conversa comum.

Permite esclarecer conflitos na vida atual com origem nos traumas. E a psicologia junguiana tem técnicas apropriadas para lidar com a dor como meditações guiadas, hipnose, vivências  de auto estima ajudam a ressignificar, elaborar.

Tempo para Se ouvir

A psicoterapia é uma oportunidade essencial para escutar a si mesmo. A partir desta escuta, o terapeuta apresenta questionamentos para você pensar e analisar suas questões sobre outras perspectivas.

Pesquisas Comprovadas (Gabbard Empirical Evidence and Psychotherapy).

Os resultados na psicoterapia estão relacionados na medida em que a pessoa permite-se explorar seus medos, inseguranças, mecanismos de defesa e potenciais.

* Melhora na qualidade de vida e Bem Estar

* Amplitude de Possibilidades e abertura de Foco em situações de conflito.

* Aprendizagem para auto gerenciar estados emocionais e adquirir autonomia.

* Segurança na Tomada de Decisões, Planejamento Familiar e Carreira.

* Capacidade de auto observação e reflexão

* Aprender a conduzir a própria vida, saindo de padrões estereotipados

* Desenvolver habilidades interpessoais como empatia, comunicação, resolução de conflitos.

* Fortalecimento psicológico do Eu e Relacionamentos Afetivos.

* Favorecer a saúde integral, física e espiritual.

* Sentido existencial.

pensamento

Arquivos de Temas

Temas