Terapia Online para complexo de inferioridade.

Olá! Hoje vou conversar com vocês sobre complexo de inferioridade, que leva muitas pessoas fazerem terapia online. Devido causar ansiedade, angustia, perda de foco e prejuízos em situações sociais, amorosas, processo de tomada de iniciativa e decisões. “Se achar menos que os outros”, “sentir-se não merecedor”, “inferior”, “deslocado”, “sem graça”, “indigno”.

Sao pessoas que não confiam no seu potencial. Devido a isso, não se arriscam e se sabotam. Se reprimem, perdem oportunidades. Ou ainda buscam a escolha mais confortável, que não satisfaz mas esta na zona de comodismo

Vamos fazer um teste de sentimento de inferioridade: Você sente sua auto imagem nula? Não gosta de você? Acha que ninguém vai gostar de você? Sente medo de passar a vida sozinho(a)? Você se pega pensando destrutivamente a seu respeito?

Sintomas do complexo de inferioridade

Sentir-se inferior aos outros.
Comparar-se constantemente
Auto depreciação, auto boicote, auto sabotagem.
Pensar demais e ruminar pensamentos negativos
Falta de auto confiança. Procrastinação. 
Não reconhece suas qualidades, apenas vê os defeitos
Auto critica obsessiva, Preocupações excessivas
Medo de desapontar os outros, Medo de fazer algo errado
Vontade exagerada de agradar aos outros
Desistem facilmente, desanimo.
Perfeccionismo. Medo de desafios
Acomodação, Passividade
Crises de ansiedade diante de situações novas.

Se você se identifica com esses pensamentos pode ter complexo de inferioridade.

Atendo em terapia online, para complexo de inferioridade,  e terapia presencial muitos homens, mulheres, jovens adolescentes e adultos que não se gostam. Não gostam de sua aparência física, as vezes devido a traumas como obesidade ou outras questões.

Sao pessoas que sofrem por auto critica elevada, não gostam de pedir ajuda, mostrar vulnerabilidade. Se sabotam aceitando menos do que gostariam, não sabem dizer não. Essas confusões emocionais podem explodir em crises emocionais, acidentes, comportamentos de auto mutilação, vícios.  

Por exemplo, pessoas que agem de forma nociva a si mesmas por influencia de outras. Aquelas que não tomam a iniciativa nem expõem suas ideias. Também podem viver em condições precárias de higiene, sem vaidade nenhuma. Serem avarentas com questões de vaidade e saúde, isso acontece porque não existe amor próprio. 

A sensação constante do fracasso: na terapia do complexo de inferioridade

O Complexo de inferioridade causa angustia, culpa, ansiedade, relacionamentos prejudicados, dores somáticas pelo corpo, pesadelos, baixa qualidade de sono/alimentação, remoer acontecimentos, pensar demais, sofrer por antecipação. Tudo isso atrelado a sensação de fracasso e não conseguir. 

Isso também expressa um quadro de baixa auto estima, depressão, ansiedade, fobias sociais. Muitas pessoas buscam terapia online devido a estarem infelizes com sua vida, as decisões em base ao sentimento de inferioridade trazem sofrimento. 

O complexo de inferioridade atua de forma inconsciente. A pessoa pode conseguir alguns objetivos mas como a energia psíquica tem crenças de menos valor, menos merecedor, vai ser uma questão de tempo os gatilhos aparecerem.

Por exemplo: pessoas muito inteligentes que não terminam a faculdade ou não passam em concurso. Indivíduos que desistem de seus sonhos por não acreditar neles. Homens e mulheres que envolvem-se em relacionamentos abusivos e com personalidades psicóticas. No fundo atraem para suas vidas o fracasso. 

Carência emocional, Distrações (TDAH), Procrastinação: no tratamento do complexo de inferioridade

O complexo de inferioridade se origina no sentimento de desamparo infantil. Esta relacionado com TDAH, procrastinação, medo de errar, congelamento emocional. Historias de vida de baixa construção de sentimento de valor pessoal. 

Podem ser pessoas que viveram situações e relacionamentos traumáticas na infância. Ou experiencias de luto, separações problemáticas de pais. Super proteção. Co dependência dos pais em relação aos filhos. Complexo de rejeição.

Quantos filhos são gerados para preencher carências afetivas dos pais? Ou ainda, gerados dentro de uma família carente de afeto e dialogo de qualidade? Vou escrever isso noutro artigo, da importância de cortar o cordão umbilical familiar.

Normalmente, as carências afetivas da infância são transferidas e projetadas a outras pessoas. Isso pode levar a ciúmes, insegurança, evitar compromisso por não sentirem-se dignos de serem amados.

Também constato na clinica déficit de atenção devido ao complexo de inferioridade. Acabam planejando mil coisas, tendo muitas ideias mas começam e não terminam ou nem conseguem começar, acabam procrastinando.

Terapia Online – Psicoterapia para complexo de inferioridade

Na minha pratica de psicoterapeuta, já fui testemunha de muitas pessoas que encontram as melhores faces de si mesmas e da vida. Isso ocorre dentro de um processo terapêutico, com auto conhecimento, meditações, insights, reinterpretações da historia da vida. 

A analise, ou terapia com psicólogo especialista em psicanalise, tem o lado humanista, do acolhimento, torcer pelo paciente, ajuda-lo a lidar com os momentos mais desafiantes, construir foco, agir de forma continua, tomar decisões assertivas tendo em base a auto estima e amor próprio. 

Iniciar uma psicoterapia significa abrir-se, sair do isolamento causado pela inferioridade. Poder encontrar sua própria voz e valor pessoal, parar com comparações. Isso traz paz, leveza e por consequência melhora a qualidade de vida. 

O intuito desse artigo é levar clareza, conhecimento e esperança a partir do tratamento. A personalidade não precisa ficar estagnada em feridas da infância. Espero que você tenha gostado do meu texto e que possa dar novos passos rumo a maior evolução.

Arquivos de Temas

Temas